THE INCREDIBLE HULK

Isso é papo velho para quem já viu o filme, que por sinal já saiu no cinema há algum tempo. Mas eu que só tive a oportunidade de assistir o filme hoje.

O filme é bem melhor que o último que eu tiha visto sobre o Hulk alguns anos atrás, que era um sonífero terrível. Esse novo tem efeitos especiais bem caprichados, uma trama bem mais interessante que mistura vários elementos dos quadrinhos mais recentes e uma curiosidade, o filme começa no Rio de Janeiro.

Fora todas as loucuras típicas das histórias em quadrinhos, que você já espera indo ver um filme do Hulk, a ambientação no Rio de Janeiro tem elementos para fazer rir qualquer carioca: Bruce Banner falando um português básico, a invasão de um grupo de elite do exército americano de uma favela do Rio (sem ser incomodados pelos traficantes) e um bando de gente falando português meio angolano e uma favela.

Achei legal a favela, ver a escadaria do Selaron e o relógio da Central  em Holywood.

Quanto à história, eles mudaram a origem do Hulk, do Abominável e do Líder. Isso é normal nas adaptações de cinema, os fãs fiéis de quadrinhos ficam fulos, mas não há como negar, que na história para o cinema, tudo ficou encaixado direitinho.

Me desculpem os puristas mas serviu para divertir uma quarta-feira a noite.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Camelo Manco is Stephen Fry proof thanks to caching by WP Super Cache