E lá se foi outro natal…

Esse ano mais um natal, família reunida, comilança, criança, presentes…
Não sei se é a crise ou a idade, mas a cada ano esta noite fica mais desbotada, me parece fotografia velha….
É sempre bom rever os primos, os tios, mas me parece que algo anda faltando. Ainda descubro o que é.
E este ano, de grande novidade só o Papai Noel da família, que fui eu, vestido com a mesma roupa que meu pai usou quando eu tinha lá meus 3 anos de idade… Foi um flashback daqueles… E uma sauna! Afinal moramos em um país tropical, certamente aqueles não são trajes dignos do verão… Mas valeu a brincadeira.
Que seu Natal tenha sido repleto de alegria! Nessa época do ano precisamos da força de nossas famílias e de nossos queridos para começar a renovar as esperanças para o ano que está chegando. Que, como todos os outros (passados e vindouros), será certamente único, nas felicidades, nos desafios e na nossa vida.

Problemas com o BLOG – CARA NOVA! :)

Devido a algum inexplicável problema o Blog ficou fora do ar, deu respostas mal-educadas e frustrou os poucos tuaregs que passavam pelo deserto, tudo isso contra minha vontade. Problemas com o banco de dados e o tema causaram tanto transtorno.

Mudei a cara do BLOG. Provisoriamente vai ser essa aí. Espero que gostem e que eu tenha tempo para “acamelar” o BLOG logo…

Pensando em mim

Estes dias estou pensando muito em mim mesmo. Preciso me reencontrar, fazer as pazes comigo. Só quando me achar serei capaz de seguir em frente. Alguma coisa está realmente fora da ordem, e eu8 preciso descobrir o que é.

Seja lá o que for…

Due stagioni fa

Sono trascorsi più di sei mesi dal mio ultimo post stava arrivando l’estate e ora mi ritrovo che tra 4 giorni incomincia l’inverno. Mi sembra che non sia cambiato un granchè, nn c’è mai una svolta che ti stravolge la vita. Si sono stato a New York, sono in possesso di un un iPod e di un Powerbook, vado regolarmente in palestra da 3 mesi, sto frequentanto un corso di programmazione di Java ma intorno a me non c’è nessuna persona interessante con la quale condividere tutte queste cose….. and the life goes on

A moeda e o grilo….

Desde hoje a noite, comecei a ouvir um barulho estranho no escritório da mansão. Não que eu more em uma mansão, e que em casa tenha escritório… Não, nada disso… me refiro ao quartinho da bagunça deste dois quartos aqui, o “escritório da mansão”. Já passou da meia-noite, estou com insônia como sempre, aliás…, e, enquanto lia um bom livrinho, comecei a ouvir um gemidinho estranho…

Me lembrava quando a agulha das vitrolas antigas arranhavam o disco, só que mais grave, mais rouco. Um ” grilo”, um barulhinho irritante, daqueles que quando dá no seu carro, você apavora, porque não tem nem mesmo a mais pálida idéia do que diabos é! Parei de respirar, prendi o fôlego, e passei a tentar decifrar a charada… Que barulho era? De onde cacete estava vindo? Do vizinho?

O barulho continuava, e eu estava me irritando, quando descobri de onde vinha o bendito… Vinha do PC. Deste mesmo PC que agora uso para escrever (não, hoje nada de Mac Mini!)…

Comecei a pensar de onde poderia vir o barulho… Me parecia estranho, mas podia ser HD, ventoinha ou o DVD… Fiquei intrigado, e depois de um tempo descobri e resolvi… idiotice… Não me pergunte o porque, mas usei umas moedas para calçar o micro hoje de manhã… E a vibração do PC fazia as moedinhas vibrarem, e … ” gemerem”. Foi só retirar o calço e tudo voltou a ser como antes no quartel de abrantes!

Caramba, uma babaquice… Só que eu já tinha pensado que ia morrer em um dindin… Ou em HD, ou em Ventoinha ou em DVD…

Anda bem que me segurei e analisei direitinho o problema antes de ” abrir” a máquina para achar o pepino!

Ainda bem!

As coisas estão um pouco mais tranquilas….

As coisas estão um pouco mais tranquilas, principalmente no trabalho, e apesar de saber que o pior ainda não passou…

Estou achando que este fim de ano será um dos mais movimentados dos últimos tempos…

Medos e esperanças!

Vamos encarar!

As coisas estão um pouco mais tranquilas….

As coisas estão um pouco mais tranquilas, principalmente no trabalho, e apesar de saber que o pior ainda não passou…

Estou achando que este fim de ano será um dos mais movimentados dos últimos tempos…

Medos e esperanças!

Vamos encarar!

Um dia de cão

Hoje foi um dia de cão.

Pressão no trabalho, pressão por todos os lados. E vem chegando o natal, vem vindo o novo ano, e não consigo vislumbrar nada de novo. Nada parece diferente, nada atiça a curiosidade, nada ilumina as noites escuras.

Estou de saco muito cheio. A ponto de explodir.

Odeio perder o controle.

Camelo Manco is Stephen Fry proof thanks to caching by WP Super Cache