Literatura Infantil

Semana passada estive na noite de autógrafos de um livro infantil, “A História do Bolo de Cenoura”, de José Maurício Celos, homem de muitas artes, que agora a mim se mostra escritor. Um livrinho gostoso, que traz em si um deliciosa receita de bolo de cenoura! Ainda não tive chance de provar, mas com certeza vou fazer por esses dias.
A noite de autúgrafos foi na livraria ARGUMENTO BARRA, e o livro, lançamento da editora Casa 21, foi impresso com o apoio da Esso.
Houve outra noite de autógrafos, no museu da República, mas alguém já contou essa história!
Parabéns Maurício! E eu que pensei que voĉê só arrasava no Sax!

Aspettando…

Oggi ਠsabato, stamattina ero bello carico, voglia di fare ecc. ma alla fine sono rimasto in casa. Adesso mi preparavo per andare a fare le nuove lenti per l’occhiale ma l’amica arriva tra le 17.00/17.30 ufffffffff, che barba! E pensare che sarei andato giovedi’ da un’altra parte ma ha insistito perchਠlei mi portasse dal suo amico ottico, dicendomi che dove vado io sbagliano le lenti. Sono proprio curioso di vedere che lenti mi farà questa persona.

Sexta- Feira

Hoje é sexta-feira. No trabalho é um dia como os outros, apesar da expectativa do fim de semana. Nos últimos sábados eu trabalhei, mas neste ficarei em casa. Preciso terminar um bico velho que está se tornando um peso e dar uma boa arrumada na casa. Tenho que jogar fora um catatau de coisas. Sábado vai ser dia de faxina. E se fizer um pouquinho, mas só um pouquinho de sol, certamente vou dar um pulinho na praia.

Aloha

Ciao, da questa notte iniziero’ a scrivere anch’io cio’ che mi passa per la mente: pensieri belli e brutti.


Pequenas Criaturas

Acabei de ler um livro de crônicas intitulado Pequenas Criaturas.
É um livro interessante do Rubens Fonseca. São contos interessantes, e mostram realmente o homem como uma pequena criatura. Um livro para se divertir e refletir. A dica está dada.

Maracanã – Estava um nojo.

Estive no Maracanã, após a final de domingo, para assistir Fluminense e Gr̂êmio pela Copa do Brasil. Mais uma vitória do tricolor, para minha felicidade. Mas o que me deixou realmente assustado foi o estado da arquibancada. As cadeiras brancas estavam imundas, a ponto de estarem mais para cinza que para brancas. Aparentemente, após o domingo da final, ninguém limpou o estádio.
Pela rádio que transmitia o jogo, eu soube que o campo também estava bem sujo. Depois da volta olímpica de domingo ninguém tinha cuidado do gramado também. Uma vergonha. Como o Maraca fechará para obras após o jogo Fluminense x São Paulo, parecem que resolveram economizar na faxina e dar uma banana ao arquibaldo.
O presidente da SUDERJ, Chiquinho, é considerado muito competente por boa parte dos torcedores. Ao menos é o que aparenta. Mas desta vez deu bola fora com os torcedores que estiveram no Maraca.

É campeão!

O Fluminense se sagrou campeão do 100º Campeonato Estadual de Futebol do Rio de Janeiro. Foi a 30º taça erguida pelo tricolor! Uma emoção insquecível! O campeonato foi ganho aos 47 minutos do 2º tempo com um gol “espírita” do zagueiro Antônio Carlos, numa cabeçada, de costas para o gol, onde a bola bateu no “cocuruto” do tricolor e acabou por encobrir o goleiro e entrar no gol e na história de glórias do Flusão.

O time Campeão!

A entrega do troféu!

Roberto Horcades, novo presidente do Flu, comemorando o título e ganhando a fama de pé quente!

Um dos milhares de tricolores no Maraca! Este homenageando o Papa JP II, cuja música a torcida tricolor adotou com carinho como sua!

Dia de Final

Hoje é a final do estadual. Fluminense e Volta Redonda. Só resta aguardar a hora de ir ao Maraca e se preparar para ou gritar É CAMPEàƒO ou xingar a mãe de todo mundo.

Clã das Adagas Voadoras

Ontem fui ao cinema para ver “O Clã das Adagas Voadoras”. Apesar de não ser cinéfilo, saí do trabalho e fui direto para o cinema. O filme é realmente muito bonito. Uso a palavra bonito pois me parece a mais apropriada. A fotografia é excepcional. As cores em tom pastel, o ambiente chin̂ês, a delicadeza dos personagens criam um clima muito agradável. A história é suave, bem amarrada, e com um final senão surpreendente, fora do comum para o padrão de cinema que conhecemos.
Gostei muito mesmo deste filme. As cenas de luta, são muito bem feitas, e parecem um balé, uma coreografia que só os orientais sabem tão bem interpretar. Palmas para os atores. Um filme para toda a família com idade para ler legendas!

Que canseira

Hoje o dia foi realmente cansativo. Estou um caquinho. Escrevo este post esperando pela janta, que hoje é bacalhau. Eu adoro bacalhau, mas quase quase era melhor já estar dormindo…

Camelo Manco is Stephen Fry proof thanks to caching by WP Super Cache