Problemas de Conexão e Domingão no escritório

Este domingo passei no escritório, mas não trabalhando. Como durante toda a semana tive acesso a conexão com a Internet bem precária, e somente pela manhã funcionava com um mínimo de tempo para ler e-mails (lembre-se que ler não significa responder!), considerei fortemente a possibilidade de que o grande problema fosse superlotação do provedor de acesso. Como no domingo o tráfego aqui diminui, pois a maior parte das pessoas que usam a Internet só tem acesso do trabalho, decidi tentar. Cheguei por volta das 9:00 da manhã no escritório, me conectei sem problemas, e para meu espanto, tudo funcionou às mil maravilhas. Consegui enviar os e-mails que desde quarta-feira o outlook não conseguia mandar, configurei o blog para receber postagens por e-mail e liguei para o Brasil via Skype, com um sucesso impressionante. Funcionou a ligação SkypeOut (do PC para o fixo ; paga), funcionou o Skype in (do fixo no Brasil para o Skype aqui) e PC – PC. Aproveitei para tentar atualizar o anti-virus, da máquina, mas minha conexção não resistia ao tamanho do arquivo. Pouco antes da hora de almoçar, me disseram que estava passando Inter vs Barcelona, e eu corri para assistir. Cheguei no meio do segundo tempo, mas deu pra ver o gol colorado. Os gremistas que me perdoem, mas hoje fui mais Brasil e torci pelo Inter. Afinal, quando se está fora, é preciso se agarrar às nossas coisas. Fomos almoçar no Résidence, uma carne de porco com arroz e fritas. Na verdade não há muita escolha, em geral é prato único. Se não quisesse o porco ficava sem almoço. Então eu quis o porco! E não estava mal, pelo contrário. Hoje a tarde fazia sol, e um grupo de crianças nossas vizinhas veio usar a piscina. Nos fins de semanas o Résidence se transforma em um clube para a molecada. De dia chegam crianças, algumas acompanhadas dos pais. De tardinha chegam alguns adolescentes, que ficam na paquera, mas tudo muito família. Descobri hoje que cada um deles paga o equivalente a 500 Kwanzas para entrar e tomar banho na piscina, sem direito a consumação. Isso equivale a uns 20 reais, o que é um dinheirão para o pessoal daqui pobre. Ou seja, o pessoal da piscina no somingo não é tão pobrinho assim, apesar de morarem em ruas cheias de poeira no meio do nada! ☺ Voltei ao escritório agora, um pouco mais tarde, mas a conexão com a internet está uma porcaria. Se conseguir enviar este e;mailo para o blog, será um milagre… Quem sabe no próximo domingo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Camelo Manco is Stephen Fry proof thanks to caching by WP Super Cache