Nota fúnebre de um AMD64

O proprietário de um AMD 64 3.2 Ghz com 2,5Gb de RAM informa seu falecimento precoce em algum momento indeterminado do dia 19/10/2006. A causa mortis ainda está sendo averiguada, a autópsia só será efetuada nos proximos dias. A morte foi atestada devido a ausência de resposta a estímulos elétricos.

Prováveis motivos para o seu fim provavelmente é a placa mãe, o processador em si, ou a fonte de alimentação. Havia já sido doloroso, semana passada, a morte de um HD 40 Gb. O mesmo morreu durante um backup de dados, o que resultou em tragédia de dados perdidos. Aparentemente o SMART só alertou para a possível morte após a integridade da partição NTFS do Windows ter ido para o espaço. Apenas os restos mortais do Ubuntu foram salvos.

O mês de outubro se mostra conturbado e acredito que após o falecimento do PC ser esclarecido ainda será necessário aguardar alguns meses antes de ressucitá-lo devido aos parcos recursos disponíveis no momento para investimentos.

Pelo menos me resta o Macmini de consolo e companhia nestes momentos difíceis.

A bruxa anda solta, e não sou eu que vou me assustar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Camelo Manco is Stephen Fry proof thanks to caching by WP Super Cache