Migrando de WordPress para Drupal

Já vi várias pessoas em lista de discussão e em blogs pela net falando sobre as vantagens e desvantagens de vários sistemas de postagem Web, sejam eles verdadeiros CMS’s como o Drupal ou o Joomla, sejam eles sistemas de blog “aditiváveis” como o WordPress e o TextPattern.
Meu objetivo sempre foi manter um blog, e assim escolhi o WordPress como companhia nesta viagem. O sistema atende às minhas necessidades e consegui um bom nível de entendimento que me permite ter agilidade quando preciso fazer alguma mudança.

Muitos bloggers percebem, ao longo do tempo, que seus blogs tem vocação para algo mais: ser um “site de verdade”, com blog incluído! 🙂 Em alguns casos a transição é penosa, em outros é tranquila, mas é sempre uma transição almejando melhorias e mais clicks no Adsense! :p

Caso eu deixe  Worpress, meu caminho será o Drupal. Para ser sincero, antes de tentar com o WP, fiz uma rapida incursão no Drupal, mas estanquei com a falta de habilidade com CSS, PHP e HTML, que hoje é menor, mas que ainda me atormenta! Por isso já há algum tempo tenho pesquisado sobre o assunto de como trazer o conteúdo de um site em WordPress para um site em Drupal, quando, sei lá, eu crescer e ficar grande? 🙂

Não achei nenhum recurso fácil de ser utilizado para fazer a migração, até mesmo porque os bancos de dados são bastante díspares entre os dois sistemas. E eu tenho conhecimento perto do nulo quando se trata de bancos de dados! 🙂 Há, sim, um script que está “datado” e com alguns bugs (posts na mesma data acabam por travar o script), se refere ao WP 1.5, que e ainda bem diferente do atual 2.0.4. Há um outro script que faz dowgrade do banco de 2.0 para 1.5 (mas não tenho idéia se funciona com o 2.04, além do blog do autor ter ido para o espaço por estes dias). Ou seja, caso queira migrar, será preciso “botar a mão na massa”.

Mas como eu disse, várias pessoas passaram pelo mesmo problema e estudaram como fazer a  migração.  Quem consegue geralmente fica quietinho, e não fala nada! Mas não é que um iluminado, no Slobokan’s site O’ Schtuff,  faz um interessante relato de migração bem sucedida, com uma série de informações técnicas relevantes e atuais (estamos hoje setembro de 2006 :p !).

É claro que você ainda precisara fazer a migração quase que “no braço”, mas nada lhe impede de ter uma ajudinha com as dicas do blog, não é?

Mas eu mesmo continuo com o WP aqui, rodando redondinho e não tenho o que reclamar!

Se for arriscar migrar, boa sorte!

powered by performancing firefox

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Camelo Manco is Stephen Fry proof thanks to caching by WP Super Cache