Severino e sua Pizza

O presidente do Congresso Nacional, Severino Cavalcante, deve renunciar hoje. Acusado de receber o “mensalinho” do empresário Buani, administrador dos restaurantes do Congresso, o deputado deixa a Cãmara dos Deputados como o mais folclórico presidente que a casa já viu.

Eu, pessoalmente, achei um absurdo sua eleição para presidente. Sua “plataforma” política, representa o pensamento mais retrógrado que conheço, aquele baseado no preconceito e na ignorãncia. Preconceito contra os homessexuais, contra as mulheres, contra tudo aquilo que é diferente do que a sociedade acha “normal”. O Presidente do Congresso é um sujeito simples, do povo, nordestino, e sobretudo, ignorante. E a ignorãncia não tem nenhuma relação com o fato de ser simples, do povo e nordestino. Ariano Suassuna é a prova viva.

É fato que um político que pede a diretoria que “fura poço” da Petrobrás, não pode ser um político lá muito honesto, e se não pode ser atestado de culpa de ninguém, é um indicador claro de interesses muito mais que meramente políticos. Mesmo sem mensalinho, lia-se já claramente nas declarações e ações do presidente da cãmara, se não corrupção ativa, uma simpatia pelos caminhos “alternativos”. Sexo entre duas pessoas do mesmo sexo é legalmente permitido, e Severino via problemas nisso. Receber “mensalinho” ou “mensalão” é crime, e aparentemente o deputado não via nisto mais que um desvio de conduta, afinal, estimulava silenciosamente uma “acalmada” nos ãnimos, para ” analizar melhor” os processos de cassação de mandato. Dois pesos e duas medidas?

Acredito que os eleitores de Severino pensem parecido com ele. No interior de Pernambuco, assim como no interior de TODO o Brasil, o preconceito com o diferente é grande. E no Brasil inteiro a condescendência com a corrupção é incrível. Do “cafézinho” para o guarda ao “mensalão” para o deputado. Todos se escandalizam ao ver alguém receber algum ou pagar alguém, até que o alguém é o próprio sujeito em qualquer um dos casos.

Só nos resta mudar, cada um de nós, e cobrar a mudança através do nosso voto, para tentar minimizar, pouco a pouco, estes vícios da nossa sociedade. Não acredito em expurgos, não adianta renovar o congresso. Os que estão lá são apenas os de hoje, nada garante que os de amanhã não serão iguais, que os suplentes não serão iguais.

E tenho a clara sensação que teremos Lula no poder mais 5 anos ainda…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Camelo Manco is Stephen Fry proof thanks to caching by WP Super Cache