Sandman – Prelúdios e Noturnos

Sou um grande fã de histórias em quadrinhos. Desde a mais tenra infãncia sempre gostei de me mesmerizar nos contos da Turma da Mônica, Pato Donald, Recruta Zero. Na pré-adolescência tomei gosto pelos universos Marvel e DC, tendo uma simpatia muito especial pelo Homem-Aranha e pelos X-Men . Já li de tudo, quadrinhos europeus cult como Ranxerox, os espanhóis Jesusito e La puta Míli, Manara, Bilal, Moebius. E conheço alguma pouca coisa de manga e hentai, apesar de não ser muito fã, à excessão de Akira. E sem sombra de dúvidas meu escritor preferido é Jim Starlim e minha história predileta é Watchmen.

Nunca tinha tido a oportunidade de ler Sandman. Já há muito estava curioso pelo trabalho de Neil Gaiman, ouvia conversas sobre os perpétuos, mas não tinha comprado nada dele. Até a Bienal do Livro.

Lvi uma versão encadernada de Sandman, Prelúdios e Noturnos. É o primeiro ciclo de histórias do Sonho. Uma obra-prima. Valeu cada tostão gasto. Foi uma das leituras mais prazeirosas e intensas que tive nos últimos anos.

O autor conseguiu criar um universo seu, na maior parte do tempo paralelo ao mundo DC, com algumas interseções altamente interessantes.

Parabéns ao autor, aos desenhistas, à equipe toda.

Agora, assim que as finanças permitirem, espero ler os outros livro da série.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Camelo Manco is Stephen Fry proof thanks to caching by WP Super Cache