MacMini – Primeiras impressões

Um novo mundo realmente se abre com o Macmini. Antes de tudo o ambiente do Tiger, S.O. dos novos Mac, apesar de lembrar o Gnome, é completamente diferente de tudo que eu conhecia. Tudo é muito mais simples, mais intuitivo e mais gostoso.

Hoje eu sei o porque da Apple ser o que é nos EUA. É um computador à prova de trouxas. O micro que todas as donas de casa deveriam receber para adentrar no mundo da informática. Sem sombra de dúvida, o Sistema me impressionou bastante. O Steve Jobs, apostando na intel no próximo ano, pode até mesmo ameaçar um pouco o Tio Bill… Pena que ele só queira vender Apple nos EUA. Num país como o nosso Brasil, se o preço caísse bem, tenho absoluta certeza que a maioria das pessoas iam migrar para Macs. Mas pagar no mini R$2500 a R$3500 certamente nao vale a pena.

Ainda estou cru, mas já consegui conectar meu palm via bluetooth, imprimir sem ter que dar download de driver nenhum, o teclado USB layout Pt foi reconhecido com pequenas falhas, mas como podem ver acentua que é uma beleza. Achei o micro um pouco lento, acho que devido a eu estar acostumado com meu PC com memória turbinada e linux levinho (Gentoo).

Ainda estou explorando o sistema, que me pareceu ótimo. Tem até uns joguinhos legais, para se viciar. Ainda tenho que brincar com os aplicativos novos para mim, os iTunes, iAlgumaCoisa, ainda não tive tempo de abrir…

O bichinho de qualquer maneira é poderoso, silencioso, perfeito. E tem o tamanho de uma caixa de sapatos de criança pequena. Realmente lindo.

Estou descarregando o Ubuntu para PPC, para testar o penguim no bichinho.

Poxa, queria escrever sobre tantas descobertas neste novo mundo… Mas já é tão tarde…

Bem, adorei o brinquedo novo. Se o meu linux emplacar aqui, o Windows só vai me servir para algumas planilhas de MS Excel Avançado e para o MS Project. Isso se não houver correspondentes a altura no Mac…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Camelo Manco is Stephen Fry proof thanks to caching by WP Super Cache